segunda-feira, 31 de março de 2008

ASOCIACION SEMURA LUSITANA - ZAMORA, ESPANHA

Com sede na Fundación Rey Afonso Henriques, Zamora, a associação tem como finalidade a difusão da lingua e cultura portuguesa. http://semuralusitana@sapo.pt ACTIVIDADES:
  • ApresentaÇao do livro "Fragmentos da memória" da escritora Portuguesa Vitória Land (pseudónimo) acompanhada de fotografias de BraganÇa e esposiÇao de quadros com ilustraÇao de livro que se realizará Quinta-Feira, 3 de Abril pelas 21 na FundaÇao.
  • Charla-colóquio a cargo doprofessor Dr. António Pinelo Tiza subordinado ao tema "a danÇa dos pauliteiros" que se realizará: sexta-feira, 4 de Abril pelas 19,30 na FundaÇao.
  • Visita guiada á cidade de BraganÇa com um percurso histórico pelos seculos XV a XVIII
  • Curso de cozinha portuguesa ministrado por D. José Oliveira Carneiro, professor da Escola de FormaÇao Profissional de BraganÇa.
  • Concerto de Fados de Coimbra " Via Latina"
  • ExposiÇao de esculturas de João Ferreira. -
  • ExposiÇao conjunta de pinturas pelo: Arquitecto Ferreira, Charo Antón e Manuel Martín.
  • Ciclo de filmes de cinema Português

3 comentários:

Anónimo disse...

É uma surpresa descobrir uma associação com esses propósitos em Espanha!
Mas se as actividades a que se propõe tiverem seguimento não deixa de ser uma mais valia para a preservação e divulgação da cultura portuguesa.

jorge
http://oinventario.wordpress.com/

Um Momento disse...

Espero que a apresentação do livro seja um SUCESSO assim como todo o restante programa!
Como gostaria de estar presente
Imagino a maravilha que não vão ser esses dias:)

Deixo um beijo desejando uma linda semana!

(*)

espaço história & arte disse...

Jorge
tb foi uma surpresa para mim, descobri esta associação numa festa de final de ano de um curso de português (a decorrer em Zamora) onde todos cantaram no musicas portugesas... fiquei tão contente q me fiz logo socia!!

um momento
infelizmente também eu gostaria de estar presente em todas as actividades... a q não posso faltar é à visita guiada em bragança q será orientada por mim, curiosamente pediram-me q falasse em portugues e não em castelhano pois todos eles aprendem a nobre lingua de Camões