sábado, 9 de agosto de 2008

Museu do Ferro & da Região de Moncorvo

Sábado, dia 9 de Agosto, pelas 16;00h será inaugurada a Exposição de fotografia (a P&b), intitulada "Escombros – Minas transmontanas", de autoria de José Luís Gonçalves, e que terá lugar no auditório do Museu do Ferro & da Região de Moncorvo.
Dia 10 de Agosto (domingo), o Museu do Ferro & da Região de Moncorvo, promove ainda um Encontro dos antigos trabalhadores da ex-Ferrominas, a empresa mineira de explorou as minas de ferro de Moncorvo, entre 1951 e 1986. Por volta de 1992 esta empresa foi formalmente extinta e integrada na EDM (Empresa de Desenvolvimento Mineiro), a actual proprietária do depósito mineral de Moncorvo. O Museu do Ferro elaborou uma base de dados dos trabalhadores da Ferrominas, com cerca de 1300 registos, a qual será igualmente apresentada no dia deste Encontro.Estes eventos revestem-se de especial interesse num momento em que o sector mineiro parece começar a agitar-se, com a retoma de prospecções em algumas minas trasmontanas, e quando sabemos que desde final do ano passado se encontram autorizadas novas prospecções nas minas de Moncorvo. Se fôr seu desejo confraternizar com os antigos trabalhadores da Ferrominas, e ouvir as suas histórias de Vida, de muito trabalho, incertezas, angústias e sacrifícios, sobretudo na fase final, perante o espectro do desemprego, informamos que a sessão é aberta a todos os que queiram participar e é uma oportunidade única para escutarem uma lição de história ao vivo! Não podemos esquecer as nossas memórias mineiras!!
NR

5 comentários:

N. disse...

obrigado, Locas, pela divulgação. Prometo visitar, em breve, o teu espaço. Um grande abraço cá do Sul do distrito,
Nelson

observatory disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

observatory deixou um novo comentário na sua mensagem "Museu do Ferro & da Região de Moncorvo":

locas?

catita :)

bom...

o problema esta na memoria que portugal teima em nao querer. como um novo rico. tu nunca lhe conheces as origens. nao gosta de velhas faian�as pq....

portugal perde a memoria

bjo


ps: ainda nao me esqueci dos catalogos e do cosery.
anda muito brasileiro pelo teu blog :)
no nordeste ha brasileiros :)

anad disse...

Acho este museu com uma perspectiva fantástica. sempre trabalhei no terreno a nível museológico com mulheres da indústria conserveira, camponeses de S. Miguel Açores, trabalhadoras e trabalhadores do arroz e das vinhas. Tenho até publicações que lhe enviarei com muito gosto, se me disser para onde. Fale-me um pouco mais do Museu do Ferro e dessa exposição´.
Um abraço
Anad

Anónimo disse...

http://www.museudoferroedaregiaodemoncorvo.net

é o site

Cumprimentos